04/02/2019 17h32

Esesp promove palestra para educadores de unidades prisionais

Cerca de 140 profissionais que atuarão na educação das unidades prisionais em 2019 participaram, nesta segunda-feira (04), de uma palestra promovida pela Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp). O objetivo foi destacar o importante papel desses agentes transformadores na vida de jovens e adultos privados de liberdade.

O momento foi comandado pela palestrante Marizinha Coqueiro, que levou para os participantes uma discussão sobre a motivação profissional e sobre a atuação do servidor público em benefício da sociedade. Misturando momentos sérios com dinâmicas e muita descontração, Marizinha deixou sua mensagem: “é possível fazer mais quando fazemos juntos”.

A diretora-presidente da Escola de Governo, Nelci Gazzoni, esteve presente durante o momento e deu um recado para os educadores. “Eu tive que fazer parte disso porque vocês, da Educação, são meus pares. Foi essa a carreira que escolhi para mim e fico muito feliz de ver mais pessoas que aceitaram essa linda tarefa”, disse Gazzoni.

O encontro

A palestra encerrou o encontro promovido pela Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) para professores e pedagogos que vão atuar oportunizando o acesso ao ensino a milhares de pessoas em situação de privação de liberdade, importante ação para a reinserção social desse público.

A Educação nas Unidades Prisionais foi possível a partir de uma parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Sedu), que garantiu a criação de salas de aula nas unidades prisionais capixabas. Nesse sentido, têm sido criadas, ao longo desses anos, turmas de Ensinos Fundamental e Médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) que possibilitam o acesso dos privados de liberdade à elevação de escolaridade.

Atualmente a Educação de Jovens e Adultos é ofertada em 30 das 34 unidades prisionais do Espírito Santo, 89% das unidades do sistema, e atende aproximadamente 3500 alunos.

Os participantes do evento são profissionais contratados pela Sedu que vão atuar em 14 unidades prisionais na Grande Vitória, atendendo a aproximadamente 2.100 desses alunos.

Texto: Renan Chagas

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Esesp

Renan Correia Chagas
renan.chagas@esesp.es.gov.br
Tel.: 3636-6720 / 3636-6719

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard